6.7.13

Minhas preferências...














Eu prefiro o cinema de medo.
Prefiro aos pássaros voando livres
e aos gatos tomando o sol no jardim
Prefiro os robles a orlas do Llobregat.
Prefiro Saramago a Dostoievski.
Prefiro que goste da gente
a amar à humanidade.
Prefiro escrever e viajar a ter.
Prefiro ter a mano-a fio e agulha
para consertar o rompido de imediato.
Prefiro não dever nada.
Prefiro as excepções.
Prefiro sair dantes quando chove.
Prefiro falar de outra coisa com meu médico...
Prefiro as velhas ilustrações.
Prefiro o ridículo de escrever poemas
ao ridículo de não os escrever.
Prefiro o amor dos aniversários não exactos
que se celebram todos os dias.
Prefiro uma campinha florida que uma jóia.
Prefiro a bondade astuta que a demasiado crédula.
Prefiro a terra vestida de civil.
Prefiro o mar e a montanha.
Prefiro ter reservas.
Prefiro o inferno do caos ao inferno da ordem.
Prefiro os contos de Grimm às primeiras planas
do jornal.
Prefiro as folhas sem flores à flor sem folhas.
Prefiro os cães cocom a bicha sem cortar.
Prefiro os olhos claros porque tenho-os escuros.
Prefiro os cajones secretos.
Prefiro muitas coisas que não conheço ainda.
Prefiro o zero só
ao que faz bicha numa cifra.
Prefiro o tempo diminuto que o estelar.
Prefiro tocar madeira.
Prefiro não perguntar quanto nem quando.
Prefiro,sobre tudo,  você me ame.....

No hay comentarios:

Publicar un comentario